Ponto Final - Pacto federativo prevê incorporação de municípios
- Atualizado em 06/11/2019 09:24
Os pequeninos
A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Pacto Federativo, entregue ao Congresso pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL), ontem, sugere que municípios com menos de 5 mil habitantes e arrecadação própria menor do que 10% da receita total sejam incorporados por vizinhos com maior musculatura. A proposta também restringe a criação de novas prefeituras. Segundo o governo, 1.254 municípios se encaixam nessas condições atualmente e seriam incorporados a cidades vizinhas a partir de 2026. O número representa 22,5% do total de municípios brasileiros.
Jogo indigesto
É um direito legítimo do governador Wilson Witzel (PSC) postular candidatura ao Palácio do Planalto nas próximas eleições presidenciais, mas esta pretensão não pode ser prejudicial ao Rio neste embate político que o chefe do Palácio Guanabara, a esta altura, trava com o presidente Bolsonaro. Diante desta postulação, o Planalto determinou e uma força tarefa já levanta todas as possíveis falhas da administração Witzel. O problema, no entanto, é bem maior: se o acordo do Regime de Recuperação Fiscal for cancelado pela União, o Rio simplesmente quebra. A esperança é de renovação nos próximos meses.
Proeza
De parabéns os atletas e comissão técnica do Campos Vôlei, equipe da Fundação Municipal de Esportes, que mesmo com todas as dificuldades de um município que atravessa hoje uma das suas piores crises, conseguiu chegar à final do Campeonato Estadual. A disparidade de estrutura e receita entre Campos e o Sesc-RJ, o campeão, é imensa. Trata-se de uma equipe com orçamento de mais de R$ 50 milhões. A propósito, não é a primeira vez que o vôlei campista alcança o topo estadual. Em 1997, a equipe da AABB/Campos atingiu esta proeza numa final contra o Flamengo.
Ação social
Será lançado hoje o projeto “Se liga aê juventude”, uma iniciativa fruto de uma parceria direta e inédita entre a organização social Nação Basquete de Rua (NBR) e a ONU Brasil, junto ao Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (Unaids). A ação visa atuar junto às juventudes, sobretudo periféricas, colocando o Norte Fluminense em destaque em todo território nacional. A solenidade acontece às 18h30, no Auditório Cristina Bastos, no campus Centro do Instituto Federal Fluminense (IFF).
Troca de mãos
O Centro Universitário UniRedentor, que tem seu maior campus em Itaperuna, foi comprado pela Afya Educacional, maior grupo de educação médica do país em número de vagas autorizadas pelo Ministério da Educação para graduação em Medicina. O valor da operação é de R$ 225 milhões, com pagamentos parcelados em até cinco anos. Segundo o pró-reitor de Ensino, Pesquisa e Extensão da UniRedentor, André Raeli, foram dois anos maturando o projeto até se concretizar a junção da Redentor ao grupo Afya. A informação é do blog Nino Bellieny, hospedado no Folha 1.
Treinamento
Policiais militares lotados nos 29º (Itaperuna) e 36º (Santo Antônio de Pádua) Batalhões de Polícia Militar e que atuam no setor de motopatrulha receberam ontem um curso de técnicas de pilotagem. O treinamento contou com parte teórica e prática, onde foi passado ao efetivo, técnicas importantes na condução das motocicletas durante o serviço. Hoje e amanhã será a vez de capacitar os policiais lotados no 8º BPM (Campos) e no 32º (Macaé). Ao todo serão capacitados 55 policiais militares.
Vacinação
Foi aberta na manhã de ontem, no distrito de Santa Maria, a segunda etapa da campanha contra a febre aftosa, que desta vez imuniza apenas os bovinos com até 24 meses de idade. Para quem possui até 70 cabeças, a secretaria municipal de Agricultura doa as doses e os vacinadores, com a previsão de imunizar cerca de 10 mil animais nas sete Áreas de Desenvolvimento Regional (ADRs) do município. No caso dos grandes e médios criadores, o Núcleo de Defesa Agropecuária do Estado acompanha a vacinação.
Charge do dia:
José Renato

ÚLTIMAS NOTÍCIAS