Delator de Gersinho em esquema de rachadinha é subdiretor da Câmara
22/10/2019 11:20 - Atualizado em 22/10/2019 11:26
Foto: Isaias Fernandes
O esquema de "rachadinha" investigado pelo Ministério Público e que levou à prisão o veredor Gersinho Crispim (SD), na quarta-feira (16), foi delatado pelo subdiretor da Câmara de São João da Barra, Jonas Nogueira dos Santos. As investigações continuam, sob sigilo, e a Justiça decidiu, em audiência de custódia, soltar o parlamentar sanjoanense um dia após ele ser preso. No entanto, medidas restritivas foram aplicadas a Gersinho, entre elas o afastamento do mandato por seis meses.
Gersinho estava como segundo secretário da mesa diretora da Câmara. Jonas seria indicação dele para o cargo na Casa. Esse seria o motivo pelo qual o delator era apontado como assessor do vereador.
Nessa segunda-feira (21), a Câmara notificou Gersinho sobre a decisão de afastamento do mandato, por ordem judicial, por seis meses. Na sessão desta terça (22), no entanto, o nome dele continuava normalmente no painel da Casa. Nos próximos dias, conforme informou a assessoria da Câmara, o suplente Alan de Grussaí (PSDB) será convocado.
Sobre o futuro de Jonas no cargo de confiança, nesta terça, "o Legislativo está requerendo mais informações ao TJRJ (Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro), para uma melhor tomada de decisão".
 
 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    Sobre o autor

    Arnaldo Neto

    [email protected]