Mais uma capela invadida por vândalos em Campos
Clícia Cruz 11/09/2019 11:17 - Atualizado em 16/09/2019 13:54
A Diocese de Campos informou na manhã desta quarta-feira (11) que mais uma igreja foi invadida no município. A Capela São Bartolomeu fica no Parque São Silvestre e pertence à Paróquia Nossa Senhora da Conceição. A Diocese acredita que a capela tenha sido arrombada durante a madrugada. Em nota, a Diocese informou que “os invasores reviraram a sacristia, derrubaram objetos sagrados, profanaram o Sacrário, tendo sido retirado do lugar e colocado ao chão, mas não foi aberto”.
Segundo a Diocese, o pároco, Padre David José, está tomando as medidas necessárias, como registrar o fato na delegacia, para que a Polícia Civil possa adotar as medidas legais. O Bispo Dom Roberto Francisco Ferrería Paz demonstrou preocupação com mais um ato de vandalismo em uma igreja católica.
— Manifesto a preocupação com os casos, pois afeta a liberdade de culto das comunidades, o espaço do culto que é sagrado. Solicito às autoridades que deem uma resposta mais efetiva quanto à segurança pública, a um policiamento comunitário mais presente na vida das populações — disse o Bispo Dom Roberto Francisco Ferrería Paz.
Divulgação - Diocese Campos
Vandalismo
- A porta da Igreja de São Bartolomeu foi arrombada e reviraram a sacristia, derrubando objetos litúrgicos. O sacrário, retirado do lugar, não foi profanado. Nada foi roubado da igreja, conforme informou a Diocese. Uma missa em desagravo será celebrada nesta quinta-feira (12), às 19h, pelo monsenhor Leandro de Moraes Diniz, vigário feral da Diocese de Campos.
O ministro extraordinário da distribuição da Sagrada Comunhão, Guilherme de Oliveira, falou da preocupação com mais uma igreja invadida e com a falta de segurança no local onde, todas as manhãs, realiza orações. "Todos os dias, às 6h30, nos reunimos para o Despertar com Cristo. Quem chegou primeiro foi Maria da Guia, que verificou a sacristia toda revirada, alfaias espalhadas pelo chão e a Capela do Santíssimo aberta, com o sacrário no chão. Ai percebeu que a porta da frente foi forçada", detalhou o ministro.
 
 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS