Fla arranca empate na Arena da Baixada
- Atualizado em 11/07/2019 11:00
Alexandre Vidal/ Flamengo
Com direito a três gols bem anulados pelo VAR contra o Athlético Paranaense, o Flamengo saiu da Arena da Baixada com um confortável 1 a 1 no jogo de ida pelas quartas de final da Copa do Brasil. O clube, agora comandado por Jorge Jesus, vai decidir a vaga na próxima fase em casa, no Maracanã, já na próxima quarta-feira (17). Pelo lado dos donos da casa, muita reclamação sobre a arbitragem. As duas equipes criaram chances claras, mas não conseguiram ampliar o marcador.
Apesar da alta expectativa pelas mudanças que Jorge Jesus deveria fazer no time do Flamengo, o técnico português foi mais conservador na escalação. O treinador escalou Rodnei e Arão como titulares, deixando Rafinha e Diego no banco.
O Furacão voltou para o segundo com a mesma intensidade que teve na primeira etapa. Logo após Gabigol perder um gol incrível aos 3 minutos, o Athletico teve um escanteio pelo lado direito. Nikão cobrou, Arão desviou fraco e a bola sobrou livre para Léo Pereira finalizar para o gol.
Logo depois do jogo ficar cinco minutos parado para o árbitro Anderson Daronco ver um possível pênalti para o Athletico, o Flamengo chegou ao gol de empate. Apesar de Diego e Everton Ribeiro terem acabado de entrar, quem participou da jogada do gol já estava em campo. Renê cobrou rápido um lateral, Gabigol ganhou no corpo de Léo Pereira e deu um belo toque de cobertura sobre Santos, empatando a partida.
Perto do fim da partida, aos 38 minutos, o Furacão teve mais um gol anulado. Bruno Guimarães lançou Rony na linha de fundo, que cruzou e encontrou Cirino livre na área. O atacante mandou para as redes, mas o juiz marcou impedimento no começo da jogada, deixando o placar final da partida em 1 a 1. (A.N.)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS