MP Eleitoral contra cassação de Wladimir por infidelidade
- Atualizado em 04/06/2019 09:57
Parecer favorável a Wladimir
O processo em que o diretório estadual do antigo Partido Republicano Progressista (PRP) pede a perda do mandato de Wladimir Garotinho como deputado federal está perto de uma decisão. O parlamentar se filiou ao Partido Social Democrático (PSD) em março deste ano e o PRP foi ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) alegando infidelidade partidária. Só que o PRP não alcançou a cláusula de barreira e recentemente se fundiu com o Patriota. No parecer do Ministério Público Eleitoral, Humberto Jacques de Medeiros, vice-procurador-geral eleitoral, se posiciona pela extinção da ação.
Sem análise do mérito
A decisão sobre a extinção ou não do processo será do TSE, mas o posicionamento do MP Eleitoral é favorável ao deputado que enfrenta, na Justiça Eleitoral do Rio, um outro pedido de perda de mandato — neste, com o deputado estadual Bruno Dauaire (PSC) e o assessor Paulo Henrique, o PH, condenado na Chequinho, sob acusação de abuso de poder, com suposta compra de votos no bairro da Penha, em Campos. No caso que está no TSE, o vice-procurador aponta vícios no processo, como o fato de o PRP não mais existir e que no caso de um mandato de deputado federal, caberia ao diretório nacional a demanda, não o regional.
O que virá no futuro?
Passada a decisão do TSE, nada impede de que o Patriota entre com outra ação alegando infidelidade partidária de Wladimir. Isso também abriria novo prazo para a defesa. Vale lembrar que com a fusão entre o PRP e o Patriota, a presidência estadual do partido ficou com Eliane Cunha. Desafeta declarada da família Garotinho, ela também já cobra na Justiça Eleitoral o mandato do deputado Bruno Dauaire, que ingressou no PSC. Basta saber se Eliane terá, num futuro próximo, poder de articular, por cima, com o diretório nacional, mais uma ação contra Wladimir Garotinho.
Wladimir Garotinho
Wladimir Garotinho / Genilson Pessanha
Semana Cultural
A quarta edição da Semana Cultural, promovida pela Prefeitura de Campos por meio da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima, está cheia de novidades para o mês de junho. Com a temática “Cartas, Autores e Amores”, o Museu Histórico de Campos irá receber debatedores, músicos e roda de leitura entre hoje e domingo. Hoje, às 19h, a mesa de debate “Todas as cartas de amor são ridículas” abre a programação. Os debatedores são os professores Adriano Moura e Alcir Alves.
Semana da Imprensa
Em clima de comemoração pelos 90 anos de fundação, a Associação de Imprensa Campista realiza, desde ontem, a 29ª Semana da Imprensa, sob o tema “A Memória da Imprensa Campista”. O evento vai até sexta-feira, com variadas atrações. Ontem, a mesa de debate foi sobre o jornalismo impresso, com a participação de Matheus Berriel e Aluysio Balbi. Hoje, o encontro no auditório do Uniflu, às 19h, é sobre fotojornalismo, com a participação de Esdras Pereira e Rafael Peixoto. A Semana da Imprensa termina no dia 7, mas as comemorações pelas nove décadas da AIC seguem nos dias 14 e 28 de junho.
Formação
Começou ontem o Curso de Formação Inicial para os aprovados no concurso para o cargo de Agente de Combate às endemias do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). De caráter eliminatório, o curso, das 8h às 17h, segue até sexta-feira na Universo. As aulas são ministradas pelos profissionais do setor Informação, Educação e Comunicação (IEC) e do CCZ e passados dados sobre mobilização, educação e saúde; estudos da epidemiologia, entomologia e toxicologia, além das normas técnicas. O objetivo é reforçar as equipes nas ruas no combate ao Aedes aegypti, sobretudo agora com alto índice de chikungunya.
Regras
Os candidatos que não comparecerem dentro do prazo serão considerados desistentes e, posteriormente, eliminados do concurso. Havendo desistências, poderão ser convocados outros aprovados, obedecendo a classificação do cadastro reserva. Após essa etapa, os classificados serão convocados para realização dos exames de saúde e, aqueles que estiverem aptos vão tomar posse em data marcada. “Nas duas primeiras semanas, os novos agentes vão trabalhar acompanhados dos supervisores para que aprendam na prática como o trabalho é executado”, informou Silvio Pinheiro, subcoordenador de controle de vetores do CCZ.
Charge do dia:
José Renato
 

ÚLTIMAS NOTÍCIAS