Começa a 6ª Semana do Combate ao Trabalho Infantil
12/06/2019 16:03 - Atualizado em 18/06/2019 13:29
Ação de conscientização pela 6ª Semana de Combate ao Trabalho Infantil.
Ação de conscientização pela 6ª Semana de Combate ao Trabalho Infantil. / Divulgação-Supcom Campos
Começou nesta quarta-feira (12), através de uma ação de conscientização, a 6ª Semana de Combate ao Trabalho Infantil. A abordagem aconteceu na Praça do Santíssimo Salvador. A orientação foi realizada pela coordenação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti), da secretaria Municipal de Desenvolvimento Humano e Social (SMDHS) e equipes da Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (Paefi), de Abordagem Social e do Conselho Tutelar. A ação também aconteceu na Rodoviária Roberto Silveira.
A programação continua e nesta quinta-feira (13), o seminário “Criança não deve trabalhar, infância é para sonhar”, acontece no auditório do Centro Administrativo José Alves de Azevedo, na sede da Prefeitura de Campos, às 9h, no . Para participar é necessário fazer a inscrição, enviando os dados pessoais e o endereço para o e-mail: [email protected] Na sexta-feira (14), às 13h30, haverá outra ação de orientação e abordagem social, na Pelinca. 
Segundo a coordenadora do Peti, Bianca Firmino, crianças e adolescentes ao serem inseridas no âmbito do trabalho, automaticamente são impedidos a vivenciar sua infância sem terem assegurados seus direitos à educação e ao lazer. O trabalho precoce é proibido pela legislação brasileira.
— O nosso objetivo é prevenir e ao mesmo tempo orientar, visando que o trabalho só é permitido acima dos 16 anos, exceto na condição de aprendiz a partir dos 14 anos, sem ferir a integridade da criança ou do adolescente. Já no seminário estaremos abordando as consequências do trabalho infantil e a importância da inserção das crianças e adolescentes na rede de ensino, pois muitas crianças que estão nessa situação, acabam prejudicadas no seu rendimento escolar — informou a coordenadora do Peti, Bianca Firmino.
A Coordenadora frisa ainda que apesar dessa ação de conscientização dentro da Semana de Combate ao Trabalho infantil, as abordagens são feitas diariamente pela equipe do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) e pelo Centro Pop, atendendo o público-alvo, independente do equipamento que esteja executando o trabalho.
Fonte:Secom

ÚLTIMAS NOTÍCIAS