Escritor Fernando Carraro visita o Cemei e destaca a estrutura de qualidade
22/05/2019 22:17 - Atualizado em 27/05/2019 11:24
Simpatia e despertar pela imaginação. Assim, o escritor infantojuvenil Fernando Carraro encantou os alunos do Centro Municipal de Educação Integral - Cemei do Parque Aurora-, na manhã desta terça-feira (22), em visita à biblioteca interativa da unidade. Durante a presença do autor, os estudantes tiveram a oportunidade de assimilar as novas perspectivas oferecidas pelo ensino integral e o aprimoramento da capacidade criativa oferecida pela literatura.
Com uma conversa que buscou aproximar as crianças da realidade vivenciada por elas e a trajetória de vida antes do sucesso na carreira literária, Carraro provocou admiração e disciplina aos estudantes ao longo das histórias contadas como um bate-papo repleto de intimidade a quem assistia.
Para Ana Raquel Pourbaix, coordenadora de Língua Portuguesa/Literatura da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte (Smece) e do programa Ler [email protected] Ser, a participação do escritor enfatizou a proposta do desenvolvimento cognitivo e social oferecido pelos espaços literários nas unidades municipais.
- A presença do Fernando Carraro reforça nosso compromisso com a literatura e a formação de sujeitos criativos e pensantes. Em sua conversa com nossos alunos, Carraro afirmou que as oportunidades de leitura em uma escola de qualidade podem gerar grandes seres humanos – destacou.
Segundo Fernando Carraro, o modelo de educação integral implantado em Campos é uma rara possibilidade de proporcionar novas alternativas de acesso à educação qualificada aos alunos que, principalmente, convivem em vulnerabilidade social.
- Estou muito feliz com essa chance de poder conhecer o Cemei. A escola é muito linda, fiquei encantado com todos aqui presentes. É muito difícil observar essa realidade durante todas as cidades que eu visito. Saber que isso existe, que a integralidade no ensino pode chegar a esses alunos que tanto precisam, me deixa muito contente – disse.
Após o diálogo com os estudantes do Cemei, Carraro fez a doação de dois livros à biblioteca: Kalil – o menino refugiado e Dribles da Vida, que trazem relatos de transformação e superação importantes para a reflexão no ambiente escolar e no convívio em coletividade.
A presença de Fernando Carraro na biblioteca interativa do Cemei foi mais uma iniciativa do Programa Municipal de Incentivo À Leitura Ler [email protected] Ser desenvolvido nas 237 unidades municipais de ensino. Em 2018, o escritor esteve na cidade para participar da programação em comemoração ao Dia Nacional do Livro Infantil, onde apresentou o livro: “Respeito sim! Violência não”, trabalhado nas escolas.
Cemei - O Cemei é um projeto educacional inspirado na ideia revolucionária do antropólogo Darcy Ribeiro. Os estudantes ficam o dia todo na escola e, para isso, recebem quatro refeições balanceadas diárias, orientadas por nutricionistas. Em um turno, possuem o conteúdo básico curricular, em outro têm atividades programadas de acordo com o ciclo de aprendizado, sendo fundamental I (1º ao 5º ano) ou II (6º ao 9º).
Essas atividades contemplam: Curso de Inglês; Oficinas de Ciências e sustentabilidade no laboratório próprio; oficinas de informática, no laboratório; Oficinas de Linguagens e de experiências matemáticas, com trabalhos lúdicos; Oficinas de Ciências Humanas; Reforço escolar; Oficinas de artes: Canto coral, artes plásticas e instrumentos musicais, em salas apropriadas; Dança; Lutas; Jogos esportivos e de raciocínio, como xadrez e dama.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS