Terminal Multicargas do Açu recebe primeiro navio da rota Antuérpia-Açu
03/05/2019 19:04 - Atualizado em 06/05/2019 14:40
Chegada da turbina ao T-Mult
Chegada da turbina ao T-Mult / Divulgação
O Terminal Multicargas (T-Mult) do Complexo do Porto do Açu, em São João da Barra, recebeu nesta semana a embarcação BBC Amethyst, que trouxe a primeira turbina a gás da UTE GNA I, principal equipamento que irá compor a ilha de energia da termelétrica em construção no complexo pela Gás Natural Açu (GNA).
A embarcação foi a primeira da rota Porto da Antuérpia-Porto do Açu. Além da turbina, o navio estava carregado com outros equipamentos e peças para a termelétrica. Toda a operação de descarregamento foi realizada por colaboradores do T-Mult, que são treinados para atuar com diferentes cargas, como granéis sólidos, cargas de projetos e carga geral.
— Esta operação foi um importante marco, não somente pela relevante carga que movimentou, mas também por ser a primeira embarcação a fazer a rota entre a Antuérpia e o Açu, portos parceiros desde 2017. O Porto do Açu está localizado estrategicamente no Sudeste do Brasil, próximo aos principais campos de petróleo, e reúne componentes que são vantajosos em termos de movimentação de cargas, logística e indústria, e isso certamente é importante para o desenvolvimento de ambos os portos. Temos certeza que muitas operações ainda serão realizadas a partir desta rota —afirmou Tadeu Fraga, CEO da Porto do Açu Operações.
Para Tessa Major, diretora comercial da Porto do Açu Operações, “ambos os portos têm profundo conhecimento em movimentação de cargas de projeto e visam o crescimento sustentável. Além disso, os diferenciais competitivos do Açu, que foi desenvolvido no conceito porto-indústria, foram decisivos para o sucesso desta operação”, afirmou.
A turbina, fabricada pela Siemens, foi transportada, na primeira parte do trajeto, por uma barcaça vinda de Mülheim, Alemanha, para o terminal Katoen-Natie, em Antuérpia, onde foi posteriormente carregada no porão da embarcação da BBC. Com capacidade de 1,3 GW, a planta termelétrica começa a operar em 2021 e poderá abastecer aproximadamente 6 milhões de residências.
Fonte: Prumo Logística

ÚLTIMAS NOTÍCIAS