Ponto Final - Chikungunya assusta
27/04/2019 08:45 - Atualizado em 27/04/2019 11:54
Chikungunya assusta
O aumento de casos de chikungunya em Campos, cerca de 2 mil só neste ano, levou a uma reunião dos gestores da Vigilância em Saúde e do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) com o secretário municipal de Saúde, Abdu Neme, para debater o reforço nos trabalhos de prevenção e combate ao Aedes aegypti, transmissor da doença, e de outras como dengue e zika. Na reunião, foram discutidas estratégias para implementar maior ofensiva nas ações, em função do avanço para o quadro de “período endêmico” observado nas últimas semanas.
Último LIRAa
Atualmente, o CCZ atua com base no último LIRAa (Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti), com o trabalho de visitas domiciliares e outras ações mais intensas de combate. De acordo com o Ministério da Saúde, o novo LIRAa será realizado durante a segunda semana se maio, para nortear as ações contra o vetor. Dos 2 mil casos de chikungunya em Campos neste, 478 foram registrados somente no mês de abril, que ainda não terminou.
Engajamento
Abdu Neme destacou a importância de envolver não apenas a estrutura dos órgãos municipais, como Limpeza Pública e setor de Postura, mas também os diversos segmentos da sociedade para ajudar na propagação da ideia de combate ao mosquito. “Todos têm que estar engajados: sociedade civil, envolvendo os clubes de serviço, entidades religiosas, imprensa, enfim, um grande esforço conjunto para combater o mosquito, que causa um estrago enorme. Estamos confiantes de que com a união de todos, vamos vencer essa batalha”, enfatizou o secretário de Saúde.
Prorrogou
O Instituto Federal Fluminense (IFF) prorrogou as inscrições do Processo Seletivo Simplificado, destinado à contratação de profissionais, de nível superior, especializados em Linguagem de Sinais, para atendimento da necessidade excepcional de interesse público do IFF e em cumprimento à decisão, liminar, judicial. São ofertadas quatro vagas para atuação nos Campi Campos Centro e Macaé. Os interessados agora têm até o dia 3 para fazer a inscrição, de forma presencial, das 8h às 18h, no campus ofertante da vaga pretendida, e mediante entrega da documentação exigida. A taxa de inscrição, no valor de R$ 70,00.
Mais cara
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta semana que a bandeira tarifária para maio será amarela, com custo adicional de R$ 1 para cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumido. De acordo com a agência, embora a previsão hidrológica para o mês indique tendência de vazões próximas à média histórica, “o patamar da produção hidrelétrica já reflete a diminuição das chuvas, o que eleva o risco hidrológico e motiva o acionamento da bandeira amarela”. A medida foi adotada após cinco meses de bandeira verde.
Na capital
A comissão processante de impeachment da Câmara do Rio de Janeiro aprovou, ontem, a continuidade do processo contra o prefeito Marcelo Crivella (PRB), acusado de irregularidades em contratos de publicidade em pontos de ônibus e relógios de rua, que teriam dado prejuízo superior a R$ 8 milhões. Por 2 votos a 1, os vereadores decidiram que o processo deve prosseguir. Votaram pela continuidade Willian Coelho (MDB) e Luiz Carlos Ramos Filho (Podemos). Votou contra o vereador Paulo Messina (PRB), que deixou a Casa Civil de Crivella e reassumiu sua vaga na Câmara para reforçar a base de apoio do prefeito.
Fezinha
A Mega-Sena está acumulada e pode pagar um prêmio de R$ 105 milhões para quem acertar as seis dezenas hoje. O valor está entre os 30 maiores da história da Mega, mais precisamente no 26º lugar. O recorde é das estimativas de prêmios para as edições da Mega da Virada de 2015, 2017 e 2018: R$ 280 milhões em cada. A Mega-Sena foi criada em 1996. As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país ou pela internet. A aposta mínima custa R$ 3,50.
Charge do dia
Charge 27-04-2019
Charge 27-04-2019 / José Renato

ÚLTIMAS NOTÍCIAS