PMDB vê saída de tucanos do governo
06/11/2017 23:16 - Atualizado em 07/11/2017 14:35
O líder do PMDB na Câmara, Baleia Rossi (SP), afirmou nesta segunda-feira que, para ele, o PSDB já decidiu deixar o governo do presidente Michel Temer e, por isso, “não tem por que esperar” até dezembro para entregar os cargos que ocupa nos ministérios.
Está marcada para 9 de dezembro a convenção nacional do PSDB que elegerá o próximo presidente do partido. No mundo político também há a expectativa de que, na convenção, a legenda decida se permanecerá no governo Temer ou se entregará os cargos, como defende uma das alas tucanas. “Eu acredito que o PSDB já tomou uma decisão política de sair do governo e não tem por que esperar até dezembro”, disse Baleia Rossi nesta segunda. Ele deu a declaração após ser questionado sobre o artigo escrito por Fernando Henrique Cardoso no qual o ex-presidente defendeu que o PSDB entregue a Temer os cargos que ocupa. O PSDB é um dos principais partidos da base aliada de Temer. Atualmente, a legenda comanda quatro ministérios: Relações Exteriores (Aloysio Nunes), Cidades (Bruno Araújo), Direitos Humanos (Luislinda Valois) e Secretaria de Governo (Antonio Imbassahy). (A.N.)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS