Fogão perde no Estádio Nilton Santos e segue com 51 pontos no Brasileiro
16/11/2017 22:23 - Atualizado em 17/11/2017 15:32
A noite não foi boa para o Botafogo. Em casa, no Estádio Nilton Santos, o time foi derrotado por 2 a 1 pelo Atlético-GO e seguiu com 51 pontos no Campeonato Brasileiro. João Paulo fez o gol alvinegro.
O próximo adversário é o São Paulo, domingo, às 17h, no Pacaembu.
Os objetivos eram distintos. O Botafogo na briga por vaga na Libertadores, parte alta da tabela, boa campanha. O Atlético-GO, lanterna, lutando para não ser rebaixado. Porém, o time visitante mostrou qualidades, como organização defensiva e boa saída no contra-ataque, para fazer jogo duro no primeiro tempo.
Aos 10, o Atlético-GO teve gol anulado, com Gilvan de cabeça, por impedimento. No jogo aéreo, o adversário voltou a ameaçar com Luis Fernando, mas Gatito mandou para escanteio.
O Botafogo respondeu na mesma moeda. Aos 18 minutos, João Paulo cobrou falta na área e Igor Rabello desviou com perigo. Carli também tentou de cabeça, para fora. Aos 30, João lançou, Bruno Silva entrou em velocidade e cabeceou por cima.
Depois dos 30, o Fogão melhorou, passou a jogar no campo adversário e ter chances. Arnaldo entrou carregando a bola, tabelou com Brenner e bateu de canhota, Kléver fez boa defesa. Pouco depois, Marcos Vinicius lançou, Guilherme dominou livre, mas a bola correu muito e o goleiro tirou.
Contudo, quem chegou ao gol foi o Atlético-GO. Após erro na saída de bola duas vezes, Jorginho dominou na entrada da área, limpou e bateu forte para marcar um golaço, aos 40.
O Fogão correu atrás e chegou ao empate. Rodrigo Lindoso tocou, João Paulo ajeitou e soltou uma bomba para vencer Klever, aos 43. Botafogo 1 x 1 Atlético-GO!
Na etapa final, o Botafogo começou em cima. Rabello teve sobra na área, tentou cruzar e foi travado. Marcos Vinicius finalizou forte de longe, sobre o gol. Aos 5, Brenner bateu cruzado na direção do gol, a zaga cortou para escanteio.
Novamente com o time alvinegro melhor, foi o Atlético-GO que marcou. Jorginho chutou de longe, Gatito espalmou, Breno Lopes cruzou na sobra e Luis Fernando mandou para a rede para fazer 2 a 1.
Em desvantagem, hora de correr atrás outra vez. Jair Ventura colocou Leo Valencia e Vinicius. Aos 21, o centroavante arriscou uma bicicleta, para fora.
Quando vieram as melhores chances, o Botafogo não aproveitou. Aos 28, Valencia cobrou escanteio, Pimpão desviou e a bola passou na frente do gol, sem ninguém aproveitar. Na sequência, Arnaldo teve sobra, bateu, houve desvio e Klever salvou com o pé. Já aos 30, Valencia cruzou na medida e Vinicius mandou para fora.
Na última oportunidade, falta lateral, quase na linha da área. Valencia bateu forte na direção do gol, a zaga salvou. Terminou mesmo 2 a 1 para o Atlético-GO.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS