Prumo Logística irá assumir termelétrica
- Atualizado em 17/06/2017 10:33
Porto do Açu
Porto do Açu/Divulgação
A Prumo Logística assinou contrato para assumir a responsabilidade pela construção e futura operação da termelétrica Novo Tempo, com 1,2 gigawatt em capacidade instalada, um empreendimento que pertencia anteriormente à Bolognesi Energia, segundo comunicado da empresa ao mercado nesta sexta-feira (17)."A celebração deste contrato viabiliza (...) a implantação da primeira usina termelétrica no Porto do Açu, além de fazer parte do desenvolvimento do Açu Gas Hub, localizado estrategicamente no norte do Estado do Rio de Janeiro, que pretende oferecer uma solução logística eficiente para a comercialização e consumo de gás natural e seus produtos", disse a Prumo Logística em seu comunicado.
A Bolognesi vinha estimando os investimentos necessários para a implementação da termelétrica Novo Tempo em cerca de R$ 3 bilhões.
As negociações começaram há cerca de dois anos e estimativas feitas pela própria Prumo, em 2015, previ que a Termelétrica ocupará uma área de 40 hectares e estará situada a 123 quilômetros da Bacia de Campos. Durante a construção, a previsão é de que sejam gerados até 5 mil empregos. Também previsto na época, é que o projeto tenha duas fases, levando cada uma 39 meses para ficar pronta. De acordo com a Prumo, o contrato está sujeito a condições precedentes e prevê ainda a transferência a ela de todos os 37 contratos de comercialização de energia fechados pela usina junto a distribuidoras de eletricidade.
O empreendimento selou os contratos em um leilão de energia promovido pelo governo em 2014, mas posteriormente a Bolognesi passou a procurar sócios ou compradores para a usina devido à falta de recursos para a construção.
O Relatório de Impacto Ambiental (Rima) para a UTE já foi apresentado em audiências públicas e desde 2015 já havia recebido licença prévia do Instituto Estadual do Ambiente (Inea). (A.N.)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS