Casa do Vôlei se destaca no município
- Atualizado em 19/06/2017 16:51
Casa de Vôlei em Campos
Casa de Vôlei em Campos / Supcom
 
Inaugurada em abril, a Casa do Vôlei já atende 56 atletas, sendo 18 da categoria adulto masculino, 20 atletas da equipe Sub-17 feminino e 18 da equipe Sub-18 masculino. A iniciativa visa formar equipes de base nesta modalidade.
De acordo com o coordenador de Vôlei da FME, Anibal Wagner, como a Casa do Vôlei funciona no espaço da Escola Municipal Professora Wilmar Cava Barros, no Jóquei Clube, a Fundação está oferecendo 25 vagas para iniciante, no turno da manhã, direcionada aos alunos da unidade de ensino, visando motivá-los à prática esportiva. “As equipes de base treinam diariamente e vêm atraindo a atenção dos alunos e das pessoas da comunidade que comparecem para prestigiar o treino”, destacou Anibal.
A prática do vôlei de quadra também vem sendo incentivada na Vila Olímpica Valdir Pereira, no Parque Guarus, onde 12 atletas treinam três vezes por semana sob a orientação do professor Ronaldo Maciel. Na Vila Olímpica João Antônio de Faria, no Jóquei, são 35 alunos.
— Estamos trabalhando para criar nossos Centros de Excelências em outras modalidades esportivas. Em pouco tempo, Campos voltará a ter suas equipes esportivas que irão representar o município em campeonatos estaduais e nacionais — conta o presidente da FME, Raphael Thuin.
Um dos atletas que usufruem da Casa do Vôlei é o estudante Ariston Calazan, de 17 ano e 1,92m, que não esconde a sua paixão pelo vôlei.
— Descobri o vôlei no ano passado e me identifiquei logo de cara com o esporte. Sempre pratiquei esporte e já fiz vários, como remo, onde levei quatro anos, mas aqui nas quadras me realizo e também recebo muito apoio dos colegas e dos professores — conta Ariston Calazan, fã do meio de rede Lucão, medalha de ouro com a seleção brasileira na Olimpíada do Rio-2016. (A.N.)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS