Hemocentro carece de doações
21/04/2017 11:00 - Atualizado em 22/04/2017 13:10
“A situação do estoque do Hemocentro Regional do Hospital Ferreira Machado (HFM) está crítica”. A afirmação é da assistente social Cristiane Barros sobre o quadro atual do setor, que se preocupa ainda mais com a chegada do feriadão. O Hemocentro precisa de 70 doadores diários, mas o número de doações não chega a 10% do ideal.
— Precisamos de todos os tipos sanguíneos, mas os tipos 0 e A, tanto positivo quanto negativo são os que mais têm saída. A situação é preocupante porque temos ainda dois feriados prolongados pela frente e esse fator influencia muito no quadro, já que a população viaja. Mas é também neste período, infelizmente, que acontecem mais acidentes nas estradas. Precisamos da ajuda da população porque muitas cirurgias estão sendo adiadas por falta de sangue — ressaltou Cristiane.
Michelle Richa
Banco de sangue está abaixo do normal neste período / Michelle Richa
As pessoas que foram imunizadas contra a febre amarela devem doar sangue apenas após 28 dias da imunização. Como a campanha teve início há um mês, em 18 de março, quem foi imunizado neste período já pode doar. “Aguardamos esses doadores que foram imunizados contra a febre amarela logo no início da campanha. Muitas pessoas estão sofrendo neste momento”, completou.
Para doar, os interessados podem ir à unidade do Hospital Ferreira Machado, das 7h às 18h, inclusive aos finais de semana e feriados.
Os doadores precisam ter entre 16 e 60 anos, ter mais de 50 quilos e estar em bom estado de saúde, não estar em jejum e não ter ingerido alimentos gordurosos nas últimas três horas. Os menores de 18 anos devem estar junto ao responsável legal e todos os doares devem comparecer portando documento original com foto.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    BLOGS - MAIS LIDAS