Encontro discute segurança
31/05/2014 12:05


Lohaynne Gregório
Foto: Héllen Souza

A segurança no município de Campos foi discutida em uma reunião que aconteceu no fim da manhã de sexta-feira (30), na sede do 8º Batalhão da Polícia Militar (8º BPM), com o comandante, tenente coronel Antônio Carlos Sabino, e uma comissão formada por quatro vereadores. Um dos objetivos foi cobrar respostas a respeito do deslocamento do efetivo para o Rio Janeiro, para a segurança da Copa do Mundo que tem início no próximo dia 12, segundo o vereador Magal. O comandante Sabino afirmou que não haverá desfalque no efetivo e ainda demonstrou queda em alguns índices criminais na região do 8º BPM, se comparado o mês de maio deste ano com o mesmo período do ano passado, apesar do número de homicídios ter aumentado no comparativo. No próximo dia 5, haverá uma audiência pública sobre segurança na Câmara de Vereadores.

Também participaram da discussão os vereadores Gil Viana, Penha Martins, e Miguelito. De acordo com o Magal, a reunião foi agendada após cobranças da própria população sobre o deslocamento de policiais para o Rio de Janeiro.

— Já tivemos a transferência de 36 policiais para Macaé. Sobre a Copa, o comandante informou que serão deslocados os policiais que entrariam de férias, por isso, o 8º BPM não vai sofrer baixa — explicou. O comandante Sabino esclareceu que 59 policiais serão deslocados para a capital. “São pessoas que estariam de férias, que serão dadas posteriormente”, afirmou.

Questionado a respeito do efetivo que atua em Campos, município de grande extensão, Sabino respondeu que alguns índices criminais tiveram redução no mês de maio na região do 8º BPM, se comparado os anos de 2013 e 2014. “O número de roubos na rua em maio de 2013 foi de 98, nesse mês, que termina amanhã (hoje), foram registrados 75, ou seja, houve redução. É um dado positivo, assim como teve queda o número de estupros”, disse. Já em relação ao número de homicídios, de acordo com Sabino, foram 22 em maio do ano passado e 23 neste mês. Para o comandante, o número é “quase igual”. Apenas em Campos, foram 18 homicídios registrados neste mês e 90 neste ano, de acordo com o levantamento da Folha da Manhã.

Audiência marcada para próximo dia 5

O patrulhamento em localidades distantes da área central do município também foi discutido na reunião, de acordo com o vereador Magal. Ele informou que os assuntos debatidos na ocasião serão tratados novamente pelos vereadores na próxima segunda-feira. De acordo com Sabino, o 8º BPM possui 1.123 policiais e 76 viaturas operando, sendo 20 em Campos.

Já no dia 5, haverá uma audiência pública na Câmara dos Vereadores, sobre a segurança no município. A audiência foi solicitada pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Carlos Fernando Monteiro, o Guru, que alertou para o aumento da criminalidade no município. “Foram convidadas autoridades relacionados à segurança no município”, informou. De acordo com ele, o objetivo é que as autoridades e sociedade apresentem propostas para reduzir a criminalidade em Campos. “São sugestões que podem ser implantadas para conter a onde crescente de violência”.

A OAB propõe a criação do Disque-denúncia, no mesmo modelo que funciona na capital. “No Rio, o sistema funciona há 20 anos e não se pensa em segurança pública sem o Disque-denúncia”, disse Carlos Fernando.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

    BLOGS - MAIS LIDAS